Família Romanatto

            A família Romanatto não é muito popular no Brasil, é um sobrenome pouco comum. A sua história é bastante interessante, é um nome longo e diferente no Brasil. Confira a seguir algumas informações sobre a origem do sobrenome Romanatto, curiosidades e modelo do brasão da família.

Curiosidades do sobrenome Romanatto

O sobrenome Romanatto é de origem italiana e com origem geográfica, digamos assim. Isso se deve ao fato de que romano é o nome dado para as pessoas naturais da região de Roma, e é possível que as pessoas com esse sobrenome sejam dessa cidade e devem ter emigrado para outros lugares, ficando conhecidos como Romanatto (ou seja, o que vem de Roma). Fica localizada na área central do país e no estado do Lazio.

Assim sendo, encontramos pessoas com o sobrenome Romanatto oriundas de várias regiões da Itália, do norte ao sul. Então, podemos imaginar a origem desse sobrenome seja muito antiga. Ela remete o século VIII, e foi mencionado em documentos de bibliotecas e arquivos italianos. Hoje em dia é possível encontrá-lo em alguns países que tiveram imigração italiana, como: o Brasil; os Estados Unidos e a Espanha.

No Brasil se encontram espalhados em diversos estados brasileiros, como: São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, principalmente. Tanto que a primeira cantina e pizzaria do bairro da Mooca, em São Paulo – SP, foi de propriedade da família Romanatto.

Variantes do sobrenome Romanatto

O sobrenome Romanatto tem algumas variações de ortografia, como: Romanato; Romanetto; Romanotto; Romanatti; Romanto; Romanat; Rohmanto; Romaneto; Romanella; Roymanto e Romianto.

Brasão da Família Romanatto

No brasão da família Romanatto vemos um cavaleiro coroado o segurando e predominância das cores vermelha, amarela e verde. No centro há um braço direito segurando uma espada de prata na mão, demonstrando a força, a bravura e a nobreza da família.



Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

Deixe um comentário