Família Megale

A família Megale é pouco conhecida no Brasil e de história bastante restrita. Mesmo assim, conseguimos encontrar informações interessantes sobre eles. Confira tudo logo abaixo.

O sobrenome Megale, assim como tantos outros, não surgiu no Brasil, por uma simples razão de que o Brasil foi colonizado e habitado primeiramente por estrangeiros. Dessa forma, os sobrenomes vêm de outros países e acabam ganhando popularidade uma vez que os imigrantes fizeram do Brasil sua nova morada.

Origem da família Megale

Este é um sobrenome de origem italiana. Ele é classificado como sendo um patronímico. Sobrenomes patronímicos são derivados do nome do fundador deste tronco familiar, patriarca da família.

Neste caso Megale é uma variação regional de Migale, que por sua vez é uma variação sarda de Micale, o qual seria uma variação meridional do nome Michael, através de diversas evoluções da forma grego-latina Miguel. Os filhos de Megale foram inicialmente conhecidos como “Fulano, Filho do senhor Megale”, até que o mesmo se tornasse um termo simplificado a ponto de virar sobrenome para os descendentes.

As informações de sua origem são de certa forma pouco conhecidas. Sendo assim, não se sabe muito sobre em que região da Itália e em qual momento da história esta família veio a surgir. Ao que parece, pelas informações encontradas, este sobrenome já tinha incidências por volta do ano de 1659.

Curiosidades

Os Megale passaram a ser família conhecida pela atividade imobiliária de compra e venda de terras e casas na Itália. Eles eram pessoas de alta virtude, uma ilustre família reconhecida e tradicional no país.

Variantes do sobrenome Megale

Para o sobrenome Megale podem se encontrar variações como Megalle ou Meggale. Estas são grafias que surgiam com o tempo e a formação de famílias que acabaram por ganhar identidade própria e mudando a grafia de seu sobrenome.

A forma pluralizada Megali também pode ser conhecida, uma vez que os italianos costumavam viver todos juntos em grandes casas, o que posteriormente fez a pluralização do sobrenome passar a ser uma forma reconhecida.

Brasão da Família Megale

O brasão encontrado da família Megale é bem simples e possui caracteristicas aparentemente comuns a outros brasões. Estes são apenas brasões representativos para aquelas famílias que possuem informações restritas sobre o escudo. Ele é feito de um escudo com o fundo azul marinho. Ao centro tem-se uma torre que está posta em cima de um gramado, que compõe a parte inferior do escudo. É um modelo simples e fácil de ser identificado.

brasao-sobrenome-familia-megale

Outro brasão encontrado, aparentemente mais original e característico dessa família é feito de um escudo com três cabeças de pato – ou cisne colocadas duas em cima e uma em baixo. Ao centro têm se um leque voltado para abaixo. Da imagem que encontramos, não é possível identificar as cores do brasão.



Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

2 Comentários

  1. Ana Cláudia says:

    Linda a história, porém tive notícias de que o sobrenome Megale veio de uma família grega que se instalou na Itália.

  2. Vivo como louco à procura das origens do sobrenome de minha família paterna, Mergelo, e pela própria evidência da pronúncia, sempre estive convicto de suas raízes italianas. Mas agora estou quase certo de que existe algumb parentesco entre os Mergelo e os Megale, pois ambo são sobrenomes patronímicos. Eu gosto de assinar Mergello, embora o próprio sobrenome não esteja em meu registro de nascimento, consequentemente em nenhum documento posterior. Mas outras ramificações da família que possuem o mesmo em seus b documentos, assinam Mergelo.
    Mas emfim, gostaria muito de saber a real origem do sobrenome de minha família paterna.

Deixe um comentário