Família Marchena

Sobrenome italiano, considerado como sendo um toponímico, pois sua origem é geográfica, vem de Marche acrescido do sufixo singular feminino ena ( o qual indica um numeral ou coletivo ), Marche era como se denominava uma região de fronteira, o nome remonta ao germânico mark, marka ( marco ou território de fronteira ). Assim o primeiro indivíduo a se destinguir dos demais através desta denominação devia ser oriundo de tal região e provavelmente do sexo feminino, ou filho cuja mãe era de tal região.



Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

4 Comentários

  1. Cacilda says:

    O sobrenome Marchena na verdade é de origem Judaíca, os primeiros Marchenas que viviam na Espanha eram judeus…(o sobrenome consta na lista dos sobrenomes judeus expulsos da Espanha em 1492; os judeus fugiram das perseguições que lhes foram movidas na Península Ibérica na inquisição espanhola ( nos períodos de 1478 a 1834), dirigindo-se a vários outros territórios. ) , sou descendente de uma das famílias Marchena aqui no Brasil, porém fiz uma pesquisa sobre os Marchenas espalhados pelo mundo e constatei que muito dos Marchenas espalhados pelo Continente americano na verdade usaram o nome Marchena para designar a origem o lugar de onde vinham, a maioria dos Marchenas espalhados pelo continente americano, não são da mesma família, salvo as que vieram para o Brasil no ano de 1896 a família cujo o brasão é reconhecido pela nobreza espanhola é apenas uma ( o chamado verdadeiros Marchenas) . Em Minas gerais por exemplo, houve 4 famílias de sobrenome Marchena ( no caso os verdadeiros Marchenas, possivelmente há uma ligação entre o sobrenome ) , as primeiras famílias a chegar em MG foi no ano de 1896, 10 de outubro segundo os registros se tratavam de Francisco Marchena e sua esposa Dolores Marchena, depois teve Juan Lopez Marchena e sua esposa Maria Lopez Marchena , tinham filhos Diego, Antonio e Leonora, a outra família era Juan Marchena e Catalina Marchena, também tinham filhos Isabel, Juan e Encarnacion, e a família que acredito que deu origem a minha família entrou no Brasil em 1897 cujo os nomes eram José Marchena e Carmem Marchena seus filhos filhos Regina Marchena e José Marchena, acredito que estes são os que deram origem ao clã de minha família, pois uma coisa muita interessante que ocorria e ainda ocorre em nosso clã é dar o mesmo nome aos filhos e netos e bisnetos, outra coisa que também chamou a atenção foi o fato de que quando entraram no Brasil vieram para a região de Barbacena em seguida foram trabalhar nos arredores da cidade de Rio Novo, justamente onde nosso patriarca se estabeleceu anos mais tarde, o patriarca de nosso clã é Gonçalo Marchena Gomes, ele veio da Espanha com os pais, quando era pequeno, e também foi morar na região de Rio Novo juntamente com seus irmãos que se chamavam Francisco Marchena , Joao Marchena ,Juca Marchena, Mariquita Marchena, Carmem Marchena. Nossa família faz parte da família espanhola Marchena, o Brasão que se tem em homenagem a família também nos honra. Eu sou neta de João Marchena . Uma curiosidade que encontrei em minha pesquisa, é que maioria das pessoas que se diziam ser Marchena migraram para as Américas justamente no período de 1889 a 1896, eles se espalharam pela América do Sul , Central ( em Honduras, Costa Rica, Caribe, México e Cuba). Porém, volto a repetir a família Marchena , proveniente do Clã Marchena são os oriundos da região de Andaluzia não da provincia de Marchena em Sevilha, como muitos acreditam, embora seja da mesma região, o que se nota é que a região de Andaluzia é uma região enorme, com muitas outras provincias, porém sem ligação com as famílias Marchenas.

    • Caíque Marchena says:

      Olá Cacilda,
      Meu nome Caíque Marchena e sou oriundo de Juiz de Fora, bisneto de Gonçalo Marchena Gomes, neto de Maria José Gomes Marchena, e filho de Wagner Romão Batista. Acredito que seu avô João foi padrinho de batismo do meu pai. Gostaria de saber mais sobre as origens de nossa família aqui em Minas Gerais. Os motivos que vieram migrar para a América, suas origens na Espanha, qual é o seu verdadeiro brasão. Acredito que você reuniu alguma documentação que possa esclarecer algumas de minhas dúvidas e curiosidades.
      Aguardo ansiosamente pela sua resposta,
      Caíque Marchena.

      • Márcio II says:

        Caíque, com certeza sou seu parente, minha avó se chamava Maria Marchena Romano, se não me engano ela era irmã do Sr. Gonçalo, sou primo do Cecem (vereador em Rio Novo). Faça contato comigo. mr2cad@gmail.com

  2. felipe says:

    É espanhol !!! El apellido Marchena tiene escudo heráldico o blasón español, certificado por el Cronista y Decano Rey de Armas Don Vicente de Cadenas y Vicent.

    Aunque no consta que personas con el apellido Marchena probaran su hidalguía en la Real Chancillería de Valladolid, ello no descarta su nobleza ni la probanza de hidalguía en otras Chancillerías y Órdenes Militares.

Deixe um comentário