Família Diniz

A família Diniz tem grande popularidade no Brasil. Sua história de origem é bastante interessante e você pode conferir essas curiosidades, variantes e modelos de brasão dos Diniz logo abaixo.

O sobrenome Diniz, assim como tantos outros, não surgiu no Brasil, por uma simples razão de que o Brasil foi colonizado e habitado primeiramente por estrangeiros. Dessa forma, os sobrenomes vêm de outros países e acabam ganhando popularidade uma vez que os imigrantes fizeram do Brasil sua nova morada.

Origem da família Diniz

Este é um sobrenome de origem portuguesa. Ele é classificado como um patronímico, pois deriva do nome próprio do fundador deste tronco familiar. O nome que deu origem ao sobrenome seria Dinis ou Denis. Desse modo, os filhos do Sr. Dinis ficaram conhecidos como “Fulano filho do senhor Dinis”, o que posteriormente passou a se abreviar e ser disseminado aos descendentes como Diniz.

Dinis, o nome que deu origem ao sobrenome, é uma forma menor de Dionísio, que seria um nome francês. Estes dois foram utilizados como nome e posteriormente o menor ganhou forma de sobrenome de família.

Curiosidades

O nome Dionísio também ficou bastante conhecido por representar o deus do vinho na mitologia Grega. Esta também pode ser o começo de uma origem para este sobrenome.

Variantes do sobrenome Diniz

Dentre as variantes mais comuns para este sobrenome, podemos destacar o Dinis. Este é uma das maneiras mais antigas de se representar esta família e, de certa forma, também a mais original.

Brasão da Família Diniz

Pela sua história de origem, se percebe que este é um nome que pode ter vindo de diversos lugares diferentes. Por este fato, é necessária a conclusão de que podem existir diversos brasões para um mesmo sobrenome. Estes não são da mesma origem, mas não deixam de representar a família Diniz.

Um dos brasões encontrados para esta família é feito de um escudo partido em três partes. As duas primeiras estão lado a lado na parte superior do escudo. A primeira leva uma espécie de ave na cor preta com as asas abertas. A segunda um leão de vermelho. A terceira e maior parte é feita de listras nas cores vermelha e branca.



Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

11 Comentários

  1. Antonio DINIZ says:

    Meu nome é ANTONIO DINIZ, devo ter muitos homônimos no Brasil.
    O mais importante tive o meu ancestral como ” REI DE PORTUGAL ”
    Dom Dini[s/z], o rei Lavrador
    (1261 – 1325)
    Sexto rei de Portugal (1279-1325), nascido em Lisboa, conhecido como o Rei Trovador ou o Rei Lavrador, devido a ter prestado grande dedicação ao desenvolvimento da agricultura. Filho de Afonso III e de sua segunda mulher, Beatriz, e neto de Afonso X de Castela, casou-se com Isabel de Aragão, posteriormente chamada a Rainha Santa pelas suas excepcionais virtudes. Desde cedo foi preparado para ser rei pelo seu pai e quando subiu ao trono português, aclamado em Lisboa (1279), impôs sua autoridade e consolidou a unificação administrativa e cultural da nação. Quando subiu ao trono imediatamente procurou normalizar a situação com a Igreja Católica, jurando ao Papa Nicolau III proteger os interesses de Roma em Portugal. Extinguiu a Ordem do Templo e criou a Ordem de Cristo ligada à Ordem dos Templários. Foi essencialmente um rei administrador e não guerreiro, pois embora tenha se envolvido na guerra com Castela (1295), desistiu dela em troca das vilas de Serpa e Moura. Pelo Tratado de Alcanises (1297) firmou a Paz com Castela, definindo-se nesse tratado as fronteiras atuais entre os dois países ibéricos. Para estimular a agricultura, distribuiu terras a colonos, mandou construir canais e secar pântanos e limitou os privilégios territoriais da igreja e, por isso, foi cognominado O Lavrador ou O Rei-Agricultor. Começou a interessar-se também pelo desenvolvimento do comércio marítimo e aperfeiçoamento dos processos de navegação e contratou marinheiros italianos para virem trabalhar em Portugal e fez convênios comerciais com outros monarcas. Durante seu longo reinado, o comércio também prosperou, com o aumento da extração de metais, a proteção às feiras e a reorganização da Marinha. Beneficiou a literatura e mandou traduzir livros latinos e árabes, inclusive a Geografia de Razis. Adotou o vernáculo nos documentos oficiais e, com o apoio do Papa, criou a primeira universidade portuguesa (1290), que funcionou entre Lisboa e Coimbra, até se fixar nesta última cidade como a famosa Universidade de Coimbra. Começou a usar-se a língua portuguesa nos documentos escritos e foi o primeiro rei português a assinar os seus documentos com o nome completo. Provavelmente o primeiro rei português não analfabeto, foi poeta e protetor de trovadores e jograis e também apelidado de O Rei-Poeta ou O Rei-Trovador pelas cantigas que compôs e pelo desenvolvimento da poesia trovadoresca a que se assistiu no seu reinado. Compôs cerca de 140 cantigas líricas e satíricas, e permaneceu no poder até sua morte, em Santarém, e está sepultado no Convento de São Dinis, em Odivelas. Apesar de ser um bom rei, os últimos anos do seu reinado foram marcados por conflitos internos. O herdeiro, futuro D. Afonso IV, achou que o rei favoreceria seu filho bastardo, Afonso Sanches, e entrou em conflito com o pai, mas não chegou a haver guerra civil.

  2. Carla santos Diniz says:

    Meu avo chama José André DINIZ.

  3. Elaine Alencar says:

    Bem, faço parte da família Diniz… procuro saber mais a fundo quais meus ancestrais… Meu Bisavô chamava-se Joaquim Pereira Diniz… Casado com Julia do Espirito Santo (acho eu) seus filhos eram Pedro, Rosendo, Sebastião… Segundo relatos… eles eram de Faxinal – Pr

  4. Pedro says:

    minha familia é eu sou andrade diniz

  5. Ismar says:

    Minha vó se chamava Nair da Silva Diniz, mais acho que o Silva é de casamento

  6. HUDSON says:

    NÃO SATISFIZ MINHA CURIOSIDADE, INCLUSIVE DINIZ, DESIGNA FAMÍLIAS SEM ENTRELAÇAMENTOS ENTRE SÍ, POR ISSO GOSTARIA DE SABER SE TEEM UMA ORIGEM COMUM, E COMO DESCOBRIR-SE OS VERDADEIROS DINIZ E SUA PRIGEM

  7. Carlos dos Santos Diniz says:

    Creio de o sr deveria pesquisar mais sobre esse sobrenome, pois está completamente equivocado

    • joao paulo diniz matos says:

      bom dia.eu procuro primos no brasil por parte da minha avó de portugal,se chamava maria amalia diniz gaiao,tinha uma ervanaria em portugal,se alguem se identeficar envie email

      • Jorgeli says:

        O nome do avôda minha mãe era Francisco Diniz Cravo,era de Portugal, veio para o Brasil muito novo, só restou minha mãe dos 3 irmãos, hoje ela está com 68 anos, creio q o Diniz era por parte da mâe dele, mas minha mãe não lembra do nome dela. Voce conseguiu alguma informação.

    • ei esse e o meu nome praticamemte

Deixe um comentário