Família Bevilaqua

A família Bevilaqua é pouco conhecida no Brasil. Seus descendentes provavelmente ainda tem uma forte ligação com o seu país de origem. Confira abaixo qual é este país, veja sobre sua história, curiosidades e modelo de brasão dos Bevilaqua.

O sobrenome Bevilaqua, assim como tantos outros, não surgiu no Brasil, por uma simples razão de que o Brasil foi colonizado e habitado primeiramente por estrangeiros. Dessa forma, os sobrenomes vêm de outros países e acabam ganhando popularidade uma vez que os imigrantes fizeram do Brasil sua nova morada.

Origem da família Bevilaqua

Este é um sobrenome de origem italiana. Sua grafia original é Bevilacqua, composto por três palavras – Bevi (bebe, do latim bibere, verbo beber), la (a do latim illa) e acqua (agua, do latim aqua). Juntas, estas três palavras formam uma expressão que caracterizava o patriarca da família. Posteriormente, esta característica tornou-se sobrenome para os descendentes.

É um dos sobrenomes tradicionais da Itália, trata-se de um sobrenome jocoso conferido, prevalentemente a quem era conhecido bebedor de vinho. Em um documento do ano 1037, ficou registrado a existência de um Petrus bibens aquam (Pedro que bebe água) e em outro, de 1056, fala-se de Gregorius qui dicitur bibit aquam (Gregorio que é chamado bebe água).

Curiosidades

Por ser uma expressão comum, pode ser que esta família tenha outras origens, todas dentro do território italiano. Mesmo assim, esta suposição não pode ser confirmada por conta de esta ser uma expressão conhecida, mas bem específica.

Variantes do sobrenome Bevilaqua

A sua variante mais conhecida é Bevilacqua. Esta é provavelmente até mais popular do que a que estamos tratando. Bevilaqua provavelmente é uma versão mais recente, onde o c foi retirado. Pode acontecer também dela ser uma versão mais antiga, vinda originalmente de sua palavra latina aqua.

Brasão da Família Bevilaqua

Para sua origem italiana há um brasão que identifica a família Bevilacqua. Esta variante parece ser mais conhecida e por isso foi reconhecida a ponto de ter um brasão das armas. Este é um brasão bem simples.

Ele é feito de ume escudo vermelho com as uma asa de ave aberta com a ponta voltada para o lado inferior direito – embora também tenham sido encontrados modelos com a ponta voltada para o lado superior esquerdo. Esta asa é feita de prata e provavelmente também compõe o timbre deste brasão.



Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

23 Comentários

  1. Francisco Bevilaqua Alves says:

    Meu nome é Francisco Bevilaqua Alves, tenho 67 anos natural de Tianguá CE. Meu avô materno Alcides Bevilaqua filho de Miguel Bevilaqua e Miguel neto de Clovis Bevilacqua o grande Jurista brasileiro.

  2. CARLOS AUGUSTO PEREIRA DOS SANTOSA says:

    MARCUS VINICIUS CAVALCANTI SOARES,
    Sou historiador e pesquiso sobre Camocim. No seu relato você faz referências à os”jOÃO BENICIO FOI O MAIOR ARMADOR DO PORTO DO CAMIOCIM-CE,POSSUINDO TRES GRANDES NAVIOS DE LONGO CURSO QUE FAZIAM A ROTA CAMOCIM, GENOVA,HAMBURG,ROTERDAN E OUTRAS CIDADES PORTUÁRIAS EUROPÉIAS. Gostaria de saber mais informações sobre isso como o nome dos navios, o tempo que exploraram o porto de Camocim, etc. Fico no aguardo!

  3. Margarida Maria Maia Bevilaqua says:

    Meu nome é margarida Bevilaqua,filha de Airton Bevilaqua neta Jose Cornelio Bevilaqua moravamos no interior de Cantinho distrito Parazinho municipio de Granja Ceara.Meu avo tinha mais quatro irmaos,cloves,maria,mundinha,mundinho todos falecidos meu avo nasceu em 1908/1992.Tem muitos netos e bisnetos por Granja,Parazinho ,Sao Paulo e eu mais seis primos aqui em Manaus Am

  4. Emilia says:

    Sou viúva de um bevilacqua, José Adilson Marques Bevilacqua, filho de Francisco de Freitas Bevilacqua, natural de Fortaleza e Maria Aparecida Marques Bevilacqua. Portanto, descendente do comandante Angelo Bevilacqua.

  5. Lúcia says:

    Sou Bevilaqua, porém meu sobrenome veio escrito errado pelo escrivão, ficando Bevilagua. Meu pai era do interior de São Paulo, da cidade de Dois Córregos.

  6. Aurea says:

    Meu marido é Felipe Bevilaqua, Filho de Anastácio Bevilaqua, que era filho de uma das netas do Clovis Bevilaqua, a família deles moram em Tianguá
    Ainda há muitos Bevilaquas por lá e por Viçosa

    • Karla says:

      Oi Aurea. Sou Karla Beviláqua, meu avô é de viçosa. Tenho chances grandes de ser prima do seu esposo! Também sou da linhagem do Clóvis Beviláqua.

      🙂

  7. Misterjuss Bevilaqua says:

    Parabens!!!Sou de Tianguá-Ce localizada na Serra da Ibiapaba.

  8. MARCUS VINICIUS CAVALCANTI SOARES says:

    CARO DALVAN BEVILAQUA, A FAMILIA É UMA UNICA,MAS AO CHEGAREM AO BRASIL,POR FORÇA DE ENGANO DE QUEM OS REGISTRAVAM,APORTUGUESARAM O NOME E TIRARAM O C, DO ORIGINAL ITALIANO, MAS É A MESMA FAMILIA, QUE É ESCRITO BEVILACQUA.

  9. MARCUS VINICIUS CAVALCANTI SOARES says:

    OS BEVILACQUAS DO CEARÁ TIVERAM INICIO COM A CHEGADA A fORTALEZA DO COMANDANTE ITALIANO aNGELO bEVILACQUA QUE VEIO ACOMPANHADO DE UM PRIMO, ANTONIO PEROTTI,AINDA JOVENS E SE RADICARAM NO ESTADO. aNGELO CASOU-SE EM FORTALEZA COM UMA JOVEM E BELA SENHORITA DE UMA DAS MAIS TRADICIONAIS FAMILIAS DA CAPITAL CEARENSE, ANA LUIZA GASPAR DE OLIVEIRA E DESSA UNIÃO, NASCERAM 12 FILHOS,MARIA, JOSÉ, FRANCISCO,INÁCIO,JOÃO BENICIO,LUIZ, THIAGO,ANTONIO,MANUEL,FIRMINO, ALEXANDRE E JOVINIANO.ESSES DOZE IRMÃOS SE ESPALHARAM PELO BRASIL,ENQUANTO UNS VIAJARAM PARA O EXTREMO NORTE DO PAIS, AMAZONAS, ACRE,OUTROS SEGUIRAM PARA SÃO PAULO, RIO DE JANEIRO,,PARANÁ, ONDE CONSTITUIRAM SUAS FAMILIAS E EXPANDIRAM OS BEVILACQUAS NESSES ESTADOS.AQUI NO CEARÁ, NO QUE PERMITE A MINHA ORIGEM FAMILIAR, QUE TEVE INICIO COM O COMANDANTE ANGELO ,SURGIU COM O SEGUNDO FILHO DO CASAL CHAMADO JOSÉ BEVILACQUA,QUE,ALÉM DE DEPUTADO CONSTITUINTE PELO CEARÁ, ERA PADRE, VIGÁRIO GERAL DE VIÇOSA DO CEARÁ.NAQUELE TEMPO, ERA MUITO COMUM OS PADRES CONSTITUIREM FAMILIA E, PADRE JOSÉ BEVILACQUA,TAMBEM CONSTITUIU A SUA. dentre os seus filhos, desponta o grande Jurista Brasileiro CLÓVIS BEVILACQUA,JOSÉ,ANGELINO,EUCLIDES ,CLOTILDES E EDELTRUDES BEVILAQUA, ESSA ULTIMA, MINHA BISAVÓ MATERNA, QUE CASOU-SE COM UM PRIMO LEGÍTIMO, CORONEL JOÃO BENICIO BEVILACQUA,MEU BISAVÓ MATERNO. jOÃO BENICIO FOI O MAIOR ARMADOR DO PORTO DO CAMIOCIM-CE,POSSUINDO TRES GRANDES NAVIOS DE LONGO CURSO QUE FAZIAM A ROTA CAMOCIM, GENOVA,HAMBURG,ROTERDAN E OUTRAS CIDADES PORTUÁRIAS EUROPÉIAS. EM RAZÃO DESSA FACILIDADE, TODOS OS SEUS FILHOS HOMENS, FORAM ESTUDAR NA SUIÇA E LÁ SE GRADUARAM E APÓS OS ESTUDOS REGRESSARAM AO BRASIL,SENDO ELES, IZAIAS BEVILACQUA, QUE FEZ A SUA CARREIRA JURÍDICA NO PARANA, ONDE FOI PRESIDENTE DO TRIBUNAL DE JUSTIÇA DO ESTADO ,AQUILES BEVILACQUA, COMERECIALISTA COM VÁRIAS OBRAS PUBLICADAS, ALÉM DE CONSULTOR JURÍDEICO DO ITAMARATI E CAIXA ECONOMICA FEDERAL, NO RIO DE JANEIRO E, HUMBERTO BEVILAQUA, QUE VEIO A SE CASAR COM A SUA PRIMA LEGITIMA, DORIS DE FREITAS BEVILÁCQUA,FILHA DO GRANDE CLÓVIS BEVILÁQUA.EM VIAGENS DE ESTUDOS QUE FIZ A ITALIA, VERIFIQUEI QUE A FAMILIA BEVILACQUA TEM ORIGEM GERMANICA E ESTÁ ESPALHADA PELA ITALIA, DO NORTE AO SUL DO PAÍS. CONTUDO, UMA MAIOR CONCENTRAÇÃO FOI INSTALADA NA REGIÃO DO VENETO, MAIS PRECISAMENTE NAS PROXIMIDADES DE VERONA, ONDE EXISTE UMA CIDADE CHAMADA BEVILACQUA, QUE TEVE ORIGEM NO CASTELO DO CONDE GUILHERMO BEVILACQUA, DE GRANDE INFLUENCIA NA CORTE VERONESI DA EPOCA. EM VERONA, NA AVENIDA CAVOUR, ENCONTRA-SE O PALAZZO BEVILACQUA,ALÉM DE OUTROS EXISTENTES EM VENEZIA, BOLONHA E TAMBÉM NO SUL DA ITALIA. A TODOS OS BEVILACQUAS QUE TIVEREM INTERESSE EM DIALOGAR COMIGO SOBRE A FAMILIA, ESTOU A DISPOSIÇÃO E PRETENDEO REUNIR MAIORES INFORMAÇÕES PARA EDITAR UM LIVRO SOBRE ESSA GRANDE E PODEROSA FAMILIA ITALIANA QUE VEIO PARA O BRASIL E AQUI SE FICOU-SE,DO NORTE AO SUL DO PAÍS.

  10. Adriano Marins says:

    Sou neto de Bevilaqua, minha avó chamava-se Carmosina Bevilaqua e era filha de um italiano chamado Henriqueto Bevilaqua,

  11. Lenira BEVILAQUA says:

    Os Imigrantes desembarcavam sempre no Rio de Janeiro. Os BEVILAQUA Tambem. Sou neta de Maria BEVILAQUA, que veio com 8 anos, da Itália, da Cidade de Verona, na Itália. Filha de Ângelo BEVILAQUA e Esther Trentine. Vieram mais dois Irmãos. Atílio BEVILAQUA e Momi BEVILAQUA, meus Tios.

  12. JOÃO CARLOS BEVILAQUA says:

    Meu nome é João Carlos Bevilaqua sou a primeira pessoa nascida em Chapecó com esse sobre nome, tenho 52 anos e meu pai é oriundo do Rio Grande do Sul. A escrita original do meu sobrenome era BevilaCqua, porém em certo cartório se descartou a letra C, conforme contava meu pai, Hilário Bevilaqua.

  13. Diego Bevilaqua says:

    Nossa Família é Bevilaqua – Os mais antigos que vieram da Itália desembarcaram no RS e depois se mudaram para Campos Novos SC no qual vivem hoje entre Campos Novos e Concórdia SC.

  14. No brasao esta escrito Bevilacqua…
    meu sobrenome BEVILAQUA é o mesmo que BEVILACQUA??

  15. Eu sou denise angela bevilaqua filha custodio Ângelo bevilaqua says:

    S amos todos parentes bevilaqua e bevilacqua?

    • Francisco Bevilaqua says:

      Não creio que todos os Bevilaqua no Brasil sejam parentes, porém todos têm a mesma origem familiar que como o tempo foram se dispersando pelo mundo.

  16. Sou neto de catarina bevilacqua de nova bassano rs

Deixe um comentário