Família Basto(s)

Bastos é um sobrenome português que está entre as famílias mais comuns do Brasil. Existem diversas variantes para este sobrenome. Se você é um Bastos, veja abaixo algumas informações como origem, curiosidades e brasão dos Bastos.

O sobrenome Bastos, assim como tantos outros, não surgiu no Brasil, por uma simples razão de que o Brasil foi colonizado e habitado primeiramente por estrangeiros. Dessa forma, os sobrenomes vêm de outros países e acabam ganhando popularidade uma vez que os imigrantes fizeram do Brasil sua nova morada.

Origem da família Bastos

O sobrenome Bastos é de origem portuguesa. Originou-se a partir do nome de um lugar, portanto é classificado como um sobrenome toponímico. Os antepassados dessa família receberam esse sobrenome, pois viviam em uma região chamada Cabeceiras de Basto, no Norte de Portugal.

Há registros de que a primeira pessoa a usar o sobrenome Bastos era um nobre chamado Gomes Viegas. Gomes Viegas nasceu em Cabeceiras de Basto, acrescentou Basto ao seu nome para identificar que era daquela região e ficou conhecido como Gomes Viegas Basto. Posteriormente, transmitiu o sobrenome Basto a seus filhos e para outros descendentes através da versão pluralizada Bastos.

Curiosidades

Importante lembrar que, como tantos outros sobrenomes, nem todos os descendentes dessa família provêm da mesma linhagem.

Variantes do sobrenome Bastos

Foram encontradas muitas variantes para este sobrenome. Bastos, por exemplo, é a variação de Basto. Outras variantes também são usadas, como: de Basto, de Bastos. No Brasil, a variação mais reconhecida é Bastos.

Brasão da Família Bastos

Acreditavam-se que a família Bastos e a família Barroso tivessem a mesma origem. Com isso, incialmente, essas duas famílias dividiram por um bom tempo o mesmo brasão de armas.

O brasão que pertencia as duas famílias era vermelho com cinco leões de ouro com detalhes azuis. Posteriormente, a família Bastos desenvolveu outro brasão de armas. Esse novo brasão é constituído pelas cores dourado e preto. O escudo em dourado leva ao centro três bastões de madeira preto. No timbre, uma armadura preta com detalhes dourados.

Com o passar dos anos, com surgimento de novas linhagens, originou-se outros brasões relacionados a família Bastos. Isso ocorre pelo fato de famílias possuírem características próprias. Portanto, a maioria dos brasões encontrados para a família Bastos possui as mesmas características.



Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!
Compartilhe com seus amigos...Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on Twitter

67 Comentários

  1. Angele says:

    procuro alguém da família Bastos Zanardini, do Paraná. Favor comunicar pelo e-mail angele.lopes@gmail.com

  2. Maria Thalia Mesquita Bastos says:

    Eu sou do interior do Ceará, da cidade de Itapajé, aqui a família Bastos é muito grande. Dois irmãos Bastos fundaram o pequeno povoado que viria a ser Itapajé. Não lembro bem o nome deles só sei que um era Ferreira Bastos e o outro Pinheiro Bastos.

    • Luana Bastos says:

      Meu pai é de itapajé. E o nome dele é Moezio Carneiro Bastos, Filho de Sara Bastos. Ele nao mora mais ai, mas tem muitos familiares em Itapajé.

    • Nayara Bastos ferreira says:

      Olá maria também só da família bastos minha vo e di tapaje e aifa de Araújo bastos ela é mãe da minha vo chegou a falece morei com minha vo aí itapaje a família e grande e meu avô é si origem de Portugal

  3. Arielly Bastos says:

    Meu nome é Arielly da Cruz Bastos e procuro pelo meu pai Juracy De Souza Bastos…meus bisavós são Antonio Francisco Bastos e Eufrozina De Souza Bastos. Se alguém tiver informações vou deixar meu numero para contato (97) 981226535

  4. Sandra Bastos Pereira says:

    Sou Sandra Bastos Pereira e meu nome de solteira era Sandra da Fonseca Bastos. Faço genealogia e sei que meu bisavo Julião Antonio de Oliveira Bastos nasceu em Cabeceira de Basto, Portugal. Nasci no Rio de Janeiro. Assim como meu avo João Baptista da Cruz Bastos. Se alguem souber algo sobre estes Bastos me informe. sandra@bastospereira.adv.br

  5. adriana bastos says:

    Meu nome é Adriana da Silva Bastos, filha de Adriano Bastos Filho e neta de Adriano Bastos vindo de Coimbra Portugal, meu pai nasceu em 13/05/1936 meu Avo é de 1800 e pouco, gostaria de ter contato com parentes de portugal….como posso conseguir ?

  6. Alberto Bastos says:

    Alberto Bastos .

    Sou filho de Jorge Pereira Bastos e meu avó se chamava Bernardino Portela Bastos ( de Vitória da Conquista- BA). Algumas pessoas diziam que meu avó era da família Bulhões, mas quando estive lá não encontrei meus parente de sobrenome .

    Hoje vivo na grande SP.

  7. Francisco Bastos says:

    Chamo me Francisco Bastos, meu avô era Francisco Bastos faleceu em 1952 e eu retomei o nome dele! Originários de Carregosa O. de Azeméis Aveiro, o que não compreendo é que na Bélgica existem alguns Bastos e também na Argélia existem Bastos ainda a poucos anos existia uma marca de tabaco Bastos!

  8. Selma Aparecida Bastos says:

    Que interessante saber a origem dos nomes. Meu nome é Selma Aparecida Bastos e resido no interior do estado de São Paulo. Meus avôs paternos: Benedicto Bastos e Anesia do Carmo. Além da família, não conheço muitos Bastos aqui na cidade onde resido, Piracicaba.
    Abraços a todos os Bastos.

    • Claudia Bastos says:

      Olha a coincidencia do 1o. nome dos seus e dos meus aós!! Meu avô era Benedicto Ferreira Bastos e minha avó, Anesia Cernichiaro Bastos. Eram de Guaratinguetá.

  9. Reinaldo martins da Silva Bastos says:

    Muito bacana, gostei muito da origem desse sobrenome e também do Brasão de armas.Pelo jeito foi uma família muito importante para o início do nosso querido Brasil. Nós dessa família temos que se orgulhar desse sobrenome. Parabéns para nós.

  10. Lourival Bastos Macedo says:

    Tem muita gente que carrega o nome Bastos,falando em reunir os Bastos,so Deus o criador para fazer isto,pois samos como areia do mar espalhado pela face da terra.

    • Izaque Bastos says:

      Eu mesmo já notei que existem bastos espalhados no Brasil em todos os cantos do litoral. Desde a Bahia, Espirito Santo, Santa Catarina, Sao Paulo e Pernambuco.. Estava analisando que existe um aplicativo chamado Tree Builder , (construir árvore) que seria útil para construir a nossa árvore genealógica.

  11. fatima bastos says:

    Oi sou Fatima bastos. minha família é d Bahia. Meu bisavô era Joaquim Romão ferreira Bastos e minha bisavó Edivirges de Jesus Bastos. Meu avô Antonio Alberto Bastos e sua esposa Eulalia Alice Oliveira Bastos(Lalinha). Seus filhos: Almir Oliveira Bastos, Antonio Alberto Bastos Filho, Anadir Oliveira Bastos e Adair Oliveira Bastos. Escuto os nomes dos locais de onde eram ou moraram mas, nãi sei afirmar o que é o que. Jequié, Alagoinhas, Ilheus, Feira de Santana, Eram fazendeiros de gado e cacau. Sei que meu bisavô teve outros filhos mas, não sei quantos nem por onde andam Adoraria encontrar parentes ate pq um livro sobre a família esta sendo escrito. qq contato pelo email ou face. fafa_portella@yahoo.com.br e lin do face:https://www.facebook.com/fafa.portella

  12. Já sabia pois sou descendente de portugueses … Ameii

  13. Giulliano Bastos says:

    Muito legal ter a oportunidade de saber um pouco sobre a história de nossa família. Sou de Poços de Caldas-MG. Aqui temos uma parte dos Bastos espalhados pelo mundo.
    Grande abraço á todos os Bastos.

  14. adzanilda bastos says:

    A jovem Adzanilda Bastos, moradora da cidade de Catu, na Região Metropolitana de Salvador, está à procura dos familiares de sua avó Edite Bastos de Jesus, que residia na Fazenda São José, atual fazenda Camaçari em Brejões-Ba. EM TAMANDUA

    “Hoje ela já é falecida, mas mesmo assim a gente procura seus descendentes, porque nosso sonho é conhecer nossos tios e primos. Os nomes dos pais da minha avó eram Amália de Jesus e Miguel André.TInha uma irma com o nome de AMELIA BASTOS BISPO DE AQUINO. Por favor, se alguém conhecer algum parente dela ligue pra gente”, apelou.

    Ainda segundo Adzanilda, sua avó Edite Bastos de Jesus nasceu em 20 de outubro de 1932 e na década de 40 fugiu com um senhor que se chamava José Sampaio da Rocha e “depois disso meus pais não tiveram mais informações sobre ela. Agradeço de coração a quem nos ajudar”, finalizou Adzanilda. Informações: (071) 99929-5502.

  15. ana says:

    Sou Ana Bastos também concordo quando dizem que os bastos são curiosos,adorei a origem do meu nome.

  16. Valdisio bastos says:

    Sou valdisio bastos, filho de valter benicio bastos, a mae de meu pai de chamava laura goes bastos, e tinha um irmao que se chamava valcler bastos e uma irma que se chamava rossicler bastos.

  17. Lourival Bastos Macedo says:

    Todos que carrega o sobrenome Bastos são curioso em saber de suas origem isto e muito interessante,prova e que viemos de uma linhagem que tem o poder de pessar e se organizar.Somos muitos espalhado por todo Brasil,convido a todos pra criarmos um partido assim como temos um brazão.devemos retornar pras desições politicas do Brasil

    • Gllaydson says:

      Concordo com você, eu moro no Maranhão e tenho sangue bastos tenho muitos tios e um avo, nosso sangue veio fugido da Bahia não sabendo aqui qual motivo e nem como foi só tempo palavras dos mais velhos que vem passado algo dos anos mais eles não sabem dizer o por que e nem quem foi o primeiro, somos uma da maiores famílias brasileira temos que nós unir nunca e tarde pra semos juntos, eu sonho com isso eu tenho um maior orgulho de dizer que parentes que nem conheço mais mesmo assim ficaria muito feliz em unir todos meu familiares daqui sonham com isso também..

  18. Lourival Bastos Macedo says:

    sou curioso quanto as Bastos são muitos mais desunido se focemos unidos tomariamos muitas decisiões importantes no Brasil

  19. Lourival Bastos Macedo says:

    Lourival Bastos Macedo filho de Godofredo Bastos,meu pai filho de Joana Bastos,de Baixa Grande BA.Eu moro em Goianesia GO.

  20. Andreia says:

    Eu sou Andreia bastos meu avô domingos f. Bastos de são José do Goiabal mg alguém comece ????

  21. Marcia Bastos says:

    Sou Márcia Bastos, meu pai Hercilio José Bastos e meu avô paterno José Dativo dos Passos Bastos e minha bisavó Rosa de Bulhoes Bastos meu avô era neto de José Dativo dos Passos Bastos e levava no nome Neto . Gostaria de saber minha descendência

  22. Alves Bastos says:

    E Bernardo Alves Bastos alguém conheceu?

  23. Robson says:

    Sou robson bastos filho de sandra bastos sou do estado do Pará

  24. Luiz Donizete de Lima Bastos says:

    Sou Luiz Donizete de Lima Bastos ,somos em 10 irmãos, só tem 5 vivos , meu pai se chamava Joaquim de Oliveira Bastos.meu pai veio para o Brasil tinha 14anos, diz ele que veio como clandestino né um navio ele nasceu em 1914 ,por parte dele só conheci um tio que morava no bairro de pinheiros em São Paulo , sou de São Paulo Capital meu tio se chamava Antonio de Oliveira Bastos ,gostaria muito de conhecer meus primos e primas ,não sei se tem alguns deles aqui no Brasil , se por acaso alguém conhecer favor avisar

  25. gilca cunha bastos says:

    sou filha de joão bastos, neta manoel bastos, julieta pereira da silva, espanhol e português, veio para o brasil em 1918 da espanha que casou com minha mãe claudia da cunha gallo mendez, filha de portugues com italiano, espanhol, fez sua morada em minas gerais/salvador/ilhéus. me casei jorge batista costa, nacionalidade brasileira.

  26. Lucilene Bastos Corrêa says:

    Sou uma Bastos, meu nome e Lucilene Bastos Corrêa, filha de José de Aguiar Bastos, (filho de Pompilio Bastos e Maria Joaquina de Aguiar Bastos) e Alzira de Azevedo Bastos, (Filha de Urbano de Azevedo e Isabel Carvalho de Azevedo)
    nascidos na Bahia, na cidade de Mucuge. Ambos já falecidos!!!!

  27. adzanilda bastos says:

    A jovem Adzanilda Bastos, moradora da cidade de Catu, na Região Metropolitana de Salvador, está à procura dos familiares de sua avó Edite Bastos de Jesus, que residia na Fazenda São José, atual fazenda Camaçari em Brejões-Ba.

    “Hoje ela já é falecida, mas mesmo assim a gente procura seus descendentes, porque nosso sonho é conhecer nossos tios e primos. Os nomes dos pais da minha avó eram Amália bastos de Jesus e Miguel André. Por favor, se alguém conhecer algum parente dela ligue pra gente”, apelou.

    Ainda segundo Adzanilda, sua avó Edite Bastos de Jesus nasceu em 20 de outubro de 1932 e na década de 40 fugiu com um senhor que se chamava José Sampaio da Rocha e “depois disso meus pais não tiveram mais informações sobre ela. Agradeço de coração a quem nos ajudar”, finalizou Adzanilda. Informações: (071) 99929-5502. (Hélio Alves/Tribuna do Recôncavo)

    • Gllaydson says:

      Oiii minha família pode ter sido descendente da sua, ou seja nós podemos ser parentes, eu não carrego o sangue bastos no meu nome,mais tenho sangue de bastos, meu avo, e João rabelo bastos, hj já falecido mais tem vários tios e tias irmãos deles e ainda tem irmãos do pai dele e eles contam que não sabem explica quem trouxe o nome pro Maranhão mais eles dizem q veio da Bahia e que ela veio fudida com um homem chamado José também não sabem dizer o nome todo dele dizem q os antepassados deles não souberam dizer isso também mais existe uma grande chance de ser a msm pessoa que vc esta falando..

    • Gllaydson says:

      Me procure no facebook ou me ligue gostaria muito de saber se são realmente meus antepassado.. E sim gostaríamos muito de conheco-lo .
      Abraços.
      Face: Gllaydson Alexandre
      Numero: 98984601006
      Email: gllaydsonalex181@gmail.com

  28. adzanilda rocha says:

    A jovem Adzanilda Bastos, moradora da cidade de Catu, na Região Metropolitana de Salvador, está à procura dos familiares de sua avó Edite Bastos de Jesus, que residia na Fazenda São José, atual fazenda Camaçari em Brejões-Ba.

    “Hoje ela já é falecida, mas mesmo assim a gente procura seus descendentes, porque nosso sonho é conhecer nossos tios e primos. Os nomes dos pais da minha avó eram Amália de Jesus e Miguel André. Por favor, se alguém conhecer algum parente dela ligue pra gente”, apelou.

    Ainda segundo Adzanilda, sua avó Edite Bastos de Jesus nasceu em 20 de outubro de 1932 e na década de 40 fugiu com um senhor que se chamava José Sampaio da Rocha e “depois disso meus pais não tiveram mais informações sobre ela. Agradeço de coração a quem nos ajudar”, finalizou Adzanilda. Informações: (071) 99929-5502.

  29. hildo bastos says:

    Boa noite meu nome é hildo dos santos bastos o sobrenome é do meu avo que se chamava hildo bastos e quero muito saber mais sobre a familia bastos.

  30. monica bastos says:

    sou monica bastos de oliveira , gostaria de conhecer minha familia são de bahia.

  31. Luiz Eduardo Bastos says:

    sou Luiz Eduardo Dambrós Bastos da cidade de porto alegre, meu pai se chama Rafael Simon Bastos e meu avô era Luiz Aurélio Camargo Bastos… Os Bastos do RS são muito conhecidos aqui na região, eh a 3° maior colônia dos Bastos no Brasil.

  32. VirginiaBastos says:

    Renato meu nome é Virgínia M .P .Bastos, e meu bisavô era João Bastos. Tinha irmão que foi p Minas mesmo.. Será q seria parte de nossa história q não tentamos achar?
    Faremos um encontro em Setembro..meu Tel 027 999729300..Qqer coisa me passe um zap…

  33. Eduardo Bastos says:

    Sou um Bastos , minha família de Belo horizonte , uma família tradicional que foi uma das primeiras a ter carro em bh , meu avô Alírio de Souza Bastos fundou a arcan uma consecionaria de carros.

  34. Cristiano Bastos says:

    Sou Cristiano Bastos nasci em Jequié BA moro em Minas la em Jequié ê uma antiga e era muitos

  35. Kleyton Bastos says:

    Sou um Bastos também… Neto de Flauro Flor Bastos de MG…
    Fazemos questão de carregar o seu sobre nome… Somos uma família grande em São Paulo e seus descendentes em Minas Gerais… Tenho muito orgulho de ser um Bastos!!!

  36. Lourimar Bastos says:

    Gostei de saber informações da minha genealogia, um abraço forte e fraterno a todos os BASTOS deste nosso Brasil…

  37. ARLETE DE BASTOS says:

    Olá, Meu nome é Arlete de Bastos. Venho da família Bastos do estado de Goiás. Meu avô paterno era José da Cunha Bastos Júnior. Gostaria de saber se alguem conhece o livro da genealogia da famiia Bastos aqui no Brasil?. Obrigada e um abraço.

  38. fabia bastos says:

    eu tb. gostei muito… meu a vo. foi ums dos primeiros portugues no brasil….ele si chamava francisco conceicao bastos de queiroz…teve 17. filhos….. eu so fabia vivo em milano.. desculpa si erro um poco o portugues… e uma familia maravilhosa so muito contente de ser um bastos…

  39. Orlando Ribeiro Batista says:

    Boa tarde. Sou filho adotivo de um Bastos, cujo tataravo se chamava Joaquim Antonio da Cruz Bastos. Sabe-se que veio de Portugal por volta 1822.
    Aqui há umas 50 pessoas de sobrenome Bastos
    Abraço a todos

  40. BETHOVEN BASTOS says:

    Preciso adquirir minha dupla cidadania, a portuguesa. Gostaria de saber como faço para resolver esse impasse, pois quero viver na Europa, mas da forma que estou como turista, não consigo … Aguardo retorno breve! Obgdo

    • Izaque Bastos says:

      Caga e anda pra lei de imigraçao. Arruma um patrao que te de contrato de travalho te regularize e ponto.. 5 visto de trabalho e teras a residencia permanet

  41. Fabio R. C. Bastos says:

    Bom sou de minas, aqui temos uma grande quantidade de bastos!
    temos ate um encontro da família Bastos..espero vocês um dia desses!

    • RENATO says:

      meu sobrenome é BASTO MEU PAI ERA FILHO DE MANOEL BASTOS NETO E JOAQUINA AMELIA DOS SANTOS E ELE TEVE UM IRMÃO QUE DEPOIS DA MORTE DA MÃE DELES ELES FORAM CRIADOS SEPARADOS E NUNCA MAS SE VIRAM E MEU PAI E MEU AVO FORAM PRA MINAS POR UM ACASO NESTA FESTA SERA QUE NOS NÃO ENCONTRAMOS ESSE IRMÃO DO MEU PAI , VAI QUE ELE APARECE POR AI , EU CREIO QUE O NOME DELE SEJA JOÃO BASTOS

    • Silvia Bastos says:

      Fábio me interessa esse encontro

  42. Izaque Bastos says:

    Gostei de saber. Sou do ES e aqui tem poucos Bastos. Já ouvi falar que em SP tem muitos Bastos, não tenho a certeza rsrsrsrs De qualquer forma seria ótimo se tivessemos uma arvore genealgica

  43. Edson Bastos says:

    É muito bom saber a origem do nome de sua família, gostei de saber.

  44. Antonio de Araujo Bastos says:

    Saber a origem de seu nome de onde veio é uma aula de história. Gostei muito.

  45. Paulo Bastos says:

    Muito legal. Gostei muito do Brasão.

  46. samara bastos says:

    Amei a origem do meu sobrenome

    • Antônio Carlos Martins Bastos. says:

      Antonio Carlos Bastos

      23/08/14

      para maria

      Jose Martins Bastos, nascido em 10 de feveriero de 1850 no Rio de
      Janeiro (capital). Filho de Antonio Martins Bastos,
      – José Martins Bastos recebeu em nove de novembro de 1875 o Grau de
      Bacharel em Ciências Sociais e Jurídicas, grau este registrado no
      Livro Competente da Secretaria da Faculdade de Direito de Recife, cujo
      diploma foi conferido em nome e sob os Auspícios do Muito Alto e Muito
      Poderoso Príncipe o Senhor D.Pedro II Imperador Constitucional e
      Defensor Perpétuo do Brasil, devidamente assinado pelo então diretor
      da Faculdade Visconde de Camaragibe, Senador e Grande do Império do
      conselho S.M. o Imperador;

      Em 1883 foi concedida a remoção de José Martins Bastos, como Juiz de
      São João Del Rei para São José Del Rei, ambos na provicia de Minas
      Gerais, ordem dada pelo Imperador e recebida por João Ferreira de
      Moura, Conselheiro, Ministro e Secretário de Estado dos Negõcios da
      Justiça para assim ser entendido e executada.

      Palácio do Rio de Janeiro em 02 de maio de 1883.

      – Tendo o bacharel Jose Martins Bastos mostrado na Secretaria de
      Estado haver exercido por mais de quatro anos o lugar de Juiz
      Municipal e de Orfãos foi lhe dado um diploma de habilitação ao cargo
      de Juiz de Direito na conformidade do Artigo 1º parágrafo II do
      regulamento nr.687 de 26 de julho de 1850.

      Esta declaração foi assinada em agosto de 1883;.

      Este documento aqui por último mencionado justifica a nomeação da
      pessoa em apreço para Juiz sob a égide do imperador

      Antonio Carlos Bastos

Deixe um comentário